As faces da alcateia

Lobos exilados de seu habitat. Busca por comida. Acertos e desacertos de liderança. Os homens em sua caça. A vida sempre em perigo – entre suor e sangue. Soma-se a isso tintas, bases, delineadores e demais utensílios de maquiagem.

A partir dessa premissa, o ator, bailarino e maquiador Jô Guedes trabalhou, na noite de 20 de maio, a construção das maquiagens de nosso elenco para a peça “A morte e a vida dos meninos lobos”. Apresentou teoricamente os elementos de trabalho, as ideias de traçado, as diferenças da construção deste tipo de personagem (entre lobo, lobisomem e humano com traçado de lobo), para então colaborar com cada um.

O resultado não é necessário mencionar. O trabalho intenso das 3h de oficina renderam caras e bocas transformadas nas faces dos lobos desejados para essa construção. Traçados leves, narizes reforçados, cores pomposas e proporcionais aos seus corpos e cabelos.

Jô colaborou com todos os integrantes a chegarem em resultados adequados às suas expectativas. Abrilhantou nossa noite com muita cor e atenção para com todos.

A peça “A morte e a vida dos meninos lobos” está em processo de composição. Em breve, maiores informações sobre as apresentações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.